Menu

Title

Subtitle

Guia Completo De que forma Se tornar MEI

6 Maneiras De Aumentar As Visitas No Teu Web site Ou Website


E atenção: num magnífico interesse de jornalismo investigativo, consegui em primeira mão o efeito do ‘Grande Prêmio Arnaldo Afonso’ de melhor instrumento artístico de 2015 (nesta nossa seara dos saraus). Computados todos os (meus) votos secretos, o livro ‘A Puta’ (não se engane com o título: é altíssima literatura!), da escritora Marcia Barbieri, foi declarado vencedor de forma indiscutível.


Congratulações a todos e palmas pra ela que ela merece. Brincadeiras à divisão, é óbvio que vocês argumentarão: ‘Belas porcarias, Arnaldo, você e esse tal ‘prêmio’ que você inventou! ’. E eu, mesmo concordando e rindo à beça lhes digo: este ‘prêmio’ não é exatamente de ‘melhor’, em razão de belezas artísticas não competem entre si (antes, dialogam e se somam).


Quem sabe ele seja pois um merecido reconhecimento a quem ‘mais inovou’. E olha que a Marcia concorreu com o incrível Como suportar jabs no baço e desafiar nocautes, do poeta Vlado Lima. Vasto prêmio mesmo, é poder ver de perto as artes desta gente toda, se divertir e dizer pela vasta cena dos saraus de São Paulo. Sempre que não sai o Enterro do Lobo Branco, novo livro da Marcia Barbieri, finalizo com o texto que escrevi depois de ler seu genial e prontamente merecidamente ‘premiado’ livro A Puta.



Claro que não sou um crítico especializado. No entanto do que ouço nos saraus, do que leio nos livros e do que acompanho pelos web sites e jornais, sem susto de exagerar, admito: no Brasil, hoje, não entendo se tem qualquer escritor fazendo uma literatura maior que a dela. Marcia é paulista, mestranda em Filosofia e desenvolvida em Letras. E também ter seus textos em antologias e várias revistas literárias, publicou os livros de contos Anéis de Saturno e As Mãos Mirradas de Deus e os romances Mosaico de Rancores e A Puta. No instante, finaliza seu novo romance O Enterro do Lobo Branco. http://webmarketing5.blog2learn.com/14589903/o-confisco-da-poupan-a-poderia-ocorrer-mais-uma-vez é uma mulher bela. Daquelas que nunca precisaram treinar olhares sedutores nos espelhos da adolescência.


Ela só olha, https://www.evernote.com/shard/s610/sh/09b3afac-2ba7-4360-b71e-5951d9da9e47/a7fbf6233da0ea65bfa708b6f58ae77b . Não bastasse essa hipnose visual que realiza, ainda por cima escreve. Não é pros fracos. http://siteprasaudeemdia71.blog2learn.com/14591421/como-saber-quanto-ganha-um-youtuber , assimilar frases pesadas e verdades contundentes sem relembrar do rosto suave que as desfere, sem estranhar o áspero contraste entre real e ficção? Em nossa cosmética era, onde ‘parecer ser’ vale mais que ‘ser’, beldade não é peculiaridade que se descarte.


Todavia o ‘negócio’ dela é com a Arte (com ‘a’ maiúsculo). O preâmbulo é pra confessar que a gente lê teu livro A Puta e fica completamente envolvido pelo texto visceral e arrebatador de Marcia. E mais: fica meio confuso, com horror de que se entregar ao entusiasmo da leitura seja bem como permanecer submisso a ela, a esse alguém superior, deus-fêmea. Ou ‘pior’, a uma todo-robusta escritora maníaco-demoníaca, vampiresca talvez (risos medrosos, tiques nervosos).


Sua literatura, mas, devo aceitar: é maravilhosa. “Há uma lua podre pela face de todo macho e é possível entrever tua escuridão. As mulheres fingem, fingem desde a época das cavernas. Fingimos que desejamos localizar nos homens alguma coisa mais profundo que a pele-epiderme-hipoderme que camufla seu organismo. Fingimos que queremos encontrar um som que não soe como um bater em madeira oca.



  • Ser comparsa de alguém http://dicasaprendacomigo0.jigsy.com/entries/general/Vinte-e-um-Dicas-Pra-Blogueiras-Estreantes

  • Logotipo ou banner: Ajudam a chamar a atenção dos leitores logo na primeira visita

  • Tags de título com palavra-chave: h1, h2, h3…

  • O e-mail

  • Personalização da tua loja



  • “As mães e as putas sabem de tudo, são onipresentes como o diabo. Conhecem cada centímetro imundo do homem e ele não as surpreende. Todas as tuas unhas encravadas, os olhos de peixe pela sola do pé vigiando os seus passos mais sórdidos. Eles abrem seus corações e estes fedem como esgoto a céu aberto. Teria pena de meu inimigo se ele tivesse que partilhar a mesa com um homem.


    Tenho pena das esposas que se consideram melhores do que as putas. …. …. … … … …. …. …. … … … …. Por este 1º de Maio tive o alegria de participar do Projeto Leva e Traz, ajeitado na Moradia da Palavra, de Santo André, tendo à frente a poeta e promotora cultural Rosana Banharoli. Estávamos lá: Sarau da Maria (da Vila Maria), Sarau da Casa Amarela (São Miguel), Sarau pela Galeria (de Suzano), Noites Autorais (Guarulhos), o Urbanista Concreto e incalculáveis músicos, poetas, escritores e amigos de qualquer um dos saraus. Foram mais de cinco horas de atividade artística ininterrupta. Foram mais de 5 horas de troca de ideias, amizade, arte e comunhão. Fazer parte disso tudo foi de fato emocionante.


Go Back

Comment

Blog Search

Comments

There are currently no blog comments.